22.9.09

Chamaram-me?!...



Setembro de 1993, em Benavente chovia. Era a 2ª vez que lá ia fazer os 15 km. Tinha ido no ano anterior e tinha gostado da prova. A lezíria ribatejana, os campos lavrados e o cheiro a terra molhada, a gente acolhedora que, embora não sendo muita, acarinhava pelo caminho os atletas e uma organização impecável fez com que voltasse de novo lá.

Depois da prova, como chovia fui aguardando a entrega dos prémios. Nessa época os 10 primeiros de cada escalão eram contemplados com prémios e medalhas.

Nunca me preocupei com as classificações e raramente as vejo. Daí a minha surpresa quando na entrega dos prémios ouvi: - Em 10º lugar Vet1, Mário Lima. Fiquei quieto pois não devia ser eu, era capaz de haver outro Mário Lima. Mas alguém me disse: - Mário, estão a chamar por ti.

Como ninguém mais aparecia lá fui para o palco e foi com orgulho que recebi a medalha pelo meu 10º lugar. Era o meu terceiro ano de corridas e não esperava subir tão cedo ao palco numa prova como a de Benavente.

Curiosamente não foi o meu melhor tempo que fiz em Benavente que me deu esse lugar, 58’08’’. Dois anos depois (1995) fiz 57’02’’ e nada ganhei, ou talvez tenha ganho só que já lá não estava na altura da entrega dos prémios.

Fui lá em 92, 93, 95, 96, 97, 98, 99, 2001 e 2002.

Setembro de 2009, de novo Benavente. Nesta prova ou chove ou está calor, penso que nunca apanhei meio-termo. Depois de uma ausência forçada eis-me de novo de volta ao convívio dos companheiros. Caras conhecidas, outras novas sinal de que há sempre alguém que diz não à poltrona, aos chinelos e diz sim ao desporto e ao bem-estar com saúde.

No espaço ao lado, gente com trajes regionais vendiam produtos ecológicos, livros e discos de vinil ou passeavam com trajes folclóricos da região para angariação de fundos na luta contra o cancro, Rita Borralho esteve presente!



Havia festa no ar. O cheiro a suor, a adrenalina, os abraços entre gente que já não se viam há muito. Estava no meu meio, estava entre a minha gente. Como era a 1ª prova que ia fazer com 15 km, parti com o amigo António do CCD de Loures nos últimos lugares. O intuito era desfrutar do ambiente, não sofrer e deixar rolar as pernas para outras corridas. Começamos e acabamos os dois juntos.



O tempo era o que menos importava, 1h19’59’’, e mais uma recordação artesanal se veio juntar a outras que fazem parte da minha sala de “troféus”.



Depois de um banho retemperador, foi uma caldeirada numa tasquinha mesmo ao lado do términus, enquanto num palco havia danças e cantares.



Parabéns ao C.U.A.B. (Clube União Artistica Benaventense) e obrigado por tão bem nos receber. Até para o ano!

Dicas:

Tenho por hábito, antes das provas, beber um café e comer um bolo seco (queque), nada mais (além de água, claro!).

Por estranho que pareça há quem tome quase uma refeição completa três horas antes das provas e outros bebem leite com café. Nada de mais errado.

Reparemos no tempo de permanência dos alimentos no estômago.

1 a 2 horas - Água, café, chá, cerveja, caldos de carne magra, arroz, peixe cozido, ovo cozido.

2 a 3 horas - Café com creme, leite fervido, verduras frescas, puré de batata, pão, fruta, ovos crus, peixe (não cozido),carne magra.

3 a 4 horas - Carnes estufadas, saladas de pepino, fritos em geral, legumes em geral.

5 a 6 horas - Atum, carnes ou peixes com azeite, toucinho, peixe seco.

7 a 8 horas - Leite com café, sardinhas com azeite, carnes gordas, carnes assadas, enchidos em geral.

Se a prova se realizar ao fim da tarde, ter em conta o que se come ao almoço, se for de manhã faça como eu, um cafezinho que, para além de ser um bom estimulante, é um bom diurético e, tomado em casa, pode evitar as longas filas de espera nos WC's nos locais das provas ou uma ida atrás de uma moita.

Fiquem bem!

9 comentários:

António Almeida disse...

Olá Mário
um bom recomeço numa corrida que é uma festa e onde vejo que tens um belo historial, parabéns amigo.
Até um dia destes.
Abraço.

JOSÉ LOPES disse...

Olá Mário

Vejo que a lesão, já lá vai.

Parabéns pela participação nessa prova e também pelo riquíssimo historial de participações.

Continuação de muitas e boas corridas.


Com os cumps
J.Lopes

Fábio Pio Dias disse...

Olá amigo Mário!

Fiquei contente!

Que bom que é vê-lo de novo na estrada, mais outro triunfo conseguido, mais uma de muitas arreliadoras lesões debelada.

..."estava entre a minha gente"
agora é ver o Mário de volta ao convívio dos antigos e novos atletas e amigos.

Quanto à prova, se está tão bem referenciada como neste post, com adjectivos apelativos, gente acolhedora, organização impecável, trajes regionais ,danças e cantares típicos é porque deve ser uma boa prova/corrida e será uma opção no futuro.

Quanto ao tempo é o que menos importa o que interessa é que está a ganhar sáude e combater o sedentarismo.

Um abraço e fique bem!

PS: desta vez faltaram as dicas sempre utéis.ehehehe!

15KM.BENAVENTE@gmail.com disse...

Ola Sr. Mario,

Em nome do CUAB e da organização dos 15km de Benavente um muito obrigado por mais uma vez termos tido o prazer da sua visita. Deixe-me dizer-lhe que como sabe, as dificuldades tanto logísticas/financeira e principalmente humanas, tornam a realização desta prova cada vez mais dificil, no entanto são pessoas como o Sr. Mário que nós fazem ter força para fazer mais e melhor...um bem haja e boas provas, aguarderemos de novo a sua visita pro ano...ou mesmo quando quizer, nem que seja para vir visitar de novo o Ribatejo.

Pela Organização dos 15km de Benavente

joaquim adelino disse...

Olá amigo Mário. Que bonita história aqui contas, e é bem merecida como reconhece a Organização da prova pelo elogio que te fazem. Ainda me lembro de a maioria das vezes saíamos da Meia Maratona de São João das Lampas ao Sábado e ao Domingo de manhâ já lá estávamos à partida dos 15kms de Benavente.
Desta vez não deu para correr esta prova, ainda passei lá ás 10,15h e vi o pessoal no aquecimento, mas o meu destino era Almeirim pois os meus camaradas paraquedistas já esperavam por mim para mais um encontro anual. Talvez seja possível lá voltar para o ano.
Parabéns pela prova e pelo teu regresso a esta família após longa ausência forçada.
Abraço.
Abraço

Carlos Lopes disse...

Ola Mário

Bonita a sua historia. Estou com 3 anos de corridas e 101 provas ja feitas, Benavente será para sempre a 1º

Carlos Lopes disse...

Mário,

Porque irei utilizar mais palavras, se o Mário, consegue com poucas palavras descrever tudo que escrevi de uma semana, apenas... Bravo que daqui a 3 anos, eu coloque novo post, fazendo a soma 3+3, e neste caso iremos falar da meia dúzia.. Boa semana

Mário Lima disse...

António Almeida

São muitos anos de corrida e o historial faz-se sem se fazer muito por isso. Vai-se correndo!...

:)

Abraço!

José Lopes

Estava com receio de fazer os 15 km pois não sabia ao certo como iria reagir da lesão, felizmente bem e assim espero continuar.

Um abraço e até ao Aeroporto!


Fábio Dias

Até 2002 os 15 km de Benavente sempre tinha sido uma prova que para mim tinha tudo para poder evoluir. Bom percurso, organização impecável e os prémios; t-shirts e recordações artesanais, faziam com que todos ou quase todos os anos lá voltasse, mas não havia as tasquinhas e quase sempre os restaurantes encontravam-se fechados. Ou ia a Almeirim ou vinha comer a Lisboa.
Agora não, há as tasquinhas e há um ambiente que nos prende por mais algumas horas.
Por isso, é uma prova a ir e usufruir. Ir lá para depois voltar mal acabada a prova já não é necessário. Há que aproveitar a saída domingueira e olhar para o que de belo o Ribatejo tem.

Abraço!

À Organização dos 15 km de Benavente (CUAB)

Obrigado pelas vossas palavras, eu não fiz mais que escrever o meu sentimento pela vossa prova. Esqueci-me de referir que também houve massagens no final da prova para os que se encontravam mais doridos. Assim vale a pena correr na vossa prova pois carinho com carinho se paga.

O Ribatejo sempre foi uma região por mim muito visitado. Além da trilogia de provas, Samora Correia/Benavente/Almeirim tenho também a minha irmã e cunhado (um ribatejano de sete costados) a morar em Almeirim.

Por isso os 78 km Lisboa/Almeirim via Benavente, sem auto estrada, é uma constante.

Parabéns mais uma vez a todos da CUAB.

Joaquim Adelino
Companheiro de muitos anos e estradas percorridas.
Este ano não deu, estiveste com a tua segunda família, os paraquedistas, na sopa de pedra em Almeirim. Pró ano estaremos a comer uma caldeirada em Benavente.

Por mim, palavra de "Comando", já lá estou!

:)

Abraço e até dia 5 em Sesimbra.

Carlos Lopes

Ao ler este último comentário lembrei-me de um poema de António Gedeão «Lágrima de preta».

Li de um lado
do outro e de frente

Mandei vir os ácidos,
as bases e os sais,

Misturei com cuidado
num tubo de ensaio

Depois de bem analisado
Não cheguei a conclusão nenhuma

Não sei se foi elogio
se foi crítica

e, como tal, gostaria de o saber.

Abraço!

Jorge disse...

---------\\\\|/---------
--------(@@)-------
-o--oO--(_)--Ooo-
Olá Mário, boa tarde, pelo que eu li essa corrida de 15km foi showwww hein parabéns também pelo pódio amigo, continue assim firme e forte.

Boa semana e bons treinos.

JORGE CERQUEIRA
http://www.jmaratona.blogspot.com