3.5.11

30ª Corrida Internacional 1º de Maio

Música: Chris Spheeris.-.Culture


1º de Maio, Dia Internacional dos Trabalhadores, dia de luto e de luta e também dia da Mãe.

Confesso que após uma noitada até às duas da manhã com muito semba e coladeras, fiquei apreensivo quanto à minha possível prestação numa prova de 15 km que, pelos anos já neles corridos, não é muito difícil mas tem as suas dificuldades não só na passagem dos dois túneis no Campo Pequeno como na subida Martim-Moniz /Areeiro.

Saído do Estádio do Inatel em companhia do casal, Henriqueta e Carlos, o amigo Jorge e Fábio Dias era de fazer-se a prova nas calmas e sem grandes acelerações. Mas nem sempre assim acontece e quando a gente se apercebe que o corpo obedece aos impulsos dá-mos largas à vontade de correr e ali vamos nós feitos “Zatopeques”.

Foi isso que nos aconteceu. Sempre em passo certo mas acelerado, eu e a Henriqueta fomos, sem dar por isso, ganhando vantagem ao grupo e foi em duo que corremos toda a prova. Se houve aqui e ali um pequeno cansaço logo ele foi debelado pela indomável força de vencer o desafio. Tivéssemos todos esta força, que suplanta a vontade de se entregar o ouro aos mesmos "bandidos" de sempre, e outros “galos” cantariam no poleiro deste país.

A entrada no Estádio foi empolgante e o amigo Joaquim Adelino (obrigado Joaquim, mesmo não correndo estás presente) no momento certo, tirou a foto a quem por nunca por vencidos se conheceram.

Eu e Henriqueta prestes a cortar a Meta. Foto: Joaquim Adelino

Depois da meta cortada, ficou a Henriqueta à espera do Carlos e eu fui ter com a equipa pela qual corri, ‘Fundação VCS’,...

Foto: Hugo Sacramento

Tendo ficado satisfeito pela prestação de todos e o saber que ficamos em 97º lugar em 112 equipas.

A equipa ‘Fundação VCS’. Foto: Liliana Pais

Parabéns à Organização que para além de nos dar uma prova com qualidade ainda homenageou dois atletas que merecem, pelo seu passado e presente, todo o nosso carinho; Rita Borralho e Armando Aldegalega, uns senhores do Atletismo Internacional.

Armando Aldegalega e Rita Borralho com o Secretário Geral da CGTP, Carvalho da Silva. Foto: Joaquim Adelino

Para ambos o melhor do mundo.

4 comentários:

Henriqueta Solipa disse...

Obrigada mais uma vez pela força e acredito sim na opinião do Joaquim Adelino... :D

A opinião é geral, de que és um excelente companheiro :-))) e eu tive a prova disso!

.JOSÉ LOPES disse...

Parabéns Mário

Mais uma participação numa corrida de 15 km com um tempo bom e uma boa companhia da Henriqueta.

Aquela subida da Almirante Reis é complicada, porque é no final da corrida.Tive pena de não ter participado fica para o ano.

Da Ecopista a ponte de madeira foi parar às Patameiras na sexta-feira que choveu bastante, depois envio-te uma foto.

Da lesão penso que já está curada voltei a correr.

Boas corridas

com os cumps
J.Lopes

Vitor Veloso disse...

Mário,
Para mim é e será sempre uma satisfação revelo.
Sorriso que contagia e um companheirismo inigualável.
Obrigado por existir.
Ate a próxima corrida, será na meia da areia.
Forte abraço

joaquim adelino disse...

Vê lá a responsabilidade que tens, para além de arrastares a Henriqueta até à meta ainda tens de correr por mim, pelo menos o meu nome está sempre lá nas tuas crónicas, o que torna a tua missão mais difícil. Mas pronto tens de carregar esta cruz!
Abraço