2.1.12

S. Silvestre de Lisboa - 2011




... E pronto, mais um ano chegado ao fim nas ruas da capital.

Uma prova que sem desmerecer dos anos anteriores, vai perdendo o fulgor das primeiras, uma pelo facto de ter sido novidade correr em Lisboa nesta época do ano, outra porque a cidade estava iluminada e a prova acabava num local emblemático da cidade, Terreiro do Paço, tendo para isso, que passar o Arco Triunfal da Rua Augusta.

Com início e 'términus' nos Restauradores passa a ser uma prova igual a tantas outras que durante o ano se desenrolam em Lisboa. Esta prova perdeu atletas relativamente ao ano passado. O ter-se feito no mesmo dia da S. Silvestre da Amadora não explica tudo, mas pode ter sido uma consequência.

Praça dos Restauradores. Foto: Mário Lima


A presença dos companheiros José Lopes, Vítor Veloso, Parro e Fernanda, Fernando Andrade, o Joaquim Ferreira, a grata surpresa de ver a pequena Vitória, a mãe Isabel e o António Almeida que abeirando-se me disse que iria fazer toda a prova comigo. Tinha a ver com algo que escrevi o ano passado e assim foi. Foi bom rever os amigos e fazer desta prova a festa que ela merece, a despedida do ano velho.

Desde o início até ao fim, tendo, durante uns tempos, o José Lopes por companhia, acabámos lado a lado esta S. Silvestre.

Obrigado António, não é por nada mas, ao fim de todos estes anos de corridas, foi a primeira vez que alguém me disse que faria toda a prova comigo quando tem sido sempre o contrário.

Depois da prova. Foto: I.Lima


Domingo dia 1. Almoço em família, um passeio até à Costa e uma maravilha no caminho perto do "Barbas".

SLB 4ever. Foto: Mário Lima

6 comentários:

JoaoLima disse...

Um bom 2012, amigo Lima

.JOSÉ LOPES disse...

Olá Mário

Uma corrida de despedida do Ano de 2011.

A pensarmos já nas que aí virão no ano 2012.

A não esquecer que a década sexagenária vai ser o período desportivo de "ouro". :):).

Temos de combinar uns treinos longos.

Até uma corrida por aí
com os cumps
J.Lopes

Carlos Lopes disse...

Bom ano " MAMA SUMA"..

António Almeida disse...

Amigo e companheiro
é e será sempre uma honra correr ao teu lado, eu é que agradeço.
Um bom ano para ti e família.
Abraço.

João António Melo disse...

Amigo Marius, este ano fui à S. Silvestre da Amadora, faltava-me essa, e pude constatar que é na realidade especial. Na de Lisboa estive (estivemos) lá em 2010 e foi uma grande confusão, desde a partida até quase 1/4 do percurso, com um grande congestionamento e até quedas, mas também gostei. Desejos de um excelente 2012 e que continues sempre em grande, com boa disposição...para aturar os outros, que te caracteriza. Um abraço!

joaquim adelino disse...

Boa saída camarada Comando, Lisboa tem de facto outro encanto, mas perdi um pouco o entusiasmo com a dança das datas, para o ano pode ser que faça o pleno. Parabéns para ti e os amigos que se juntaram em mais uma corrida. Espero em breve estar de novo convosco. Abraço para todo o ano.