21.2.12

Correr Cascais



Pela 14ª vez voltei a Cascais para correr os seus 20 km. Sem o Carnaval de outrora, Cascais continua linda. A praia com alguns veraneantes, desafiando o vento frio, mas com um céu limpo e o sol brilhando em todo o seu esplendor, deu-se início à prova. Com uma pequena alteração de percurso, voltou-se a fazer a festa.

Parti quase no fim do grupo. Com a lesão ainda recente (corri com uma coxa elástica) não podia exagerar no esforço e foi isso que fiz.

Início. Foto: AMMA

Sozinho em primeira instância, encontrei depois o grupo da Henriqueta Solipa, do Carlos e amigos e com eles fui fazendo a prova.

Com a Henriqueta na 2ª volta. Foto: AMMA

Com a Henriqueta percorri a maioria dos km. Como estava com algumas dores na zona lesionada, depois dos 18 km parei e disse à Henriqueta para continuar. Não queria mas há minha insistência lá foi. Recuperei um pouco e tentei recolar-me mas devido a uma nova paragem junto à fortaleza já tal não foi possível.

Com o Vital Lacerda. Foto: Henriqueta Solipa


Com o tempo de 1h50’27’’ para 20,170 km a uma média de 5’27’’ (tempo Garmin) acabei a prova.

A terminar. Foto: AMMA


É sempre bom voltar a Cascais e se nada houver em contrário, para o ano de novo lá voltarei.

P.S.- O meu Obrigado à Henriqueta que tentou 'rebocar-me' até à meta mesmo em prejuízo da sua prestação.

6 comentários:

Josué Lima disse...

Olá mano,
o importante foi a lesão não te ter impedido de chegares à meta, apesar de ser com esforço, dedicação, glória ... e o resto não digo ... ahahahahah.
Apesar das pequenas paragens para aquilatares qual o "perigo" da continuação na prova devido precisamente à impertinente lesão e com o aconchego e apoio de amigos, terminaste a prova. O tempo cronometrado, o lugar na classificação é o que menos importante nesta tua fase já longa de provas. Nem que fosses o ultimo dos ultimo o que mais interessa é a força de caracter, a vontade de ultrapassar as "mazelas" (se der para isso), chegar e conviver. Percorri uma unica vez contigo essa prova, ainda no tempo em que os "animais falavam" e apesar de ventosa foi agradável. Que esteja em pleno para a prova seguinte, embora de outro com percurso de outro nível, é o que te desejo. Apesar de tudo (outras cores) sabes que nasceste no signo do Leão e isso também mentalmente ajuda. Um grande abraço.

Henriqueta Solipa disse...

Mário,

É sempre um prazer correr ao teu lado e relembro-te que no 1º de Maio foste tu que me rebocaste.

Espero ter o prazer de "nos" rebocarmos muitas vezes... mas sem lesões!

As tuas melhoras.

Beijinho

PS: Ainda não escrevi a minha cronica... irei fazê-lo hoje.

António Almeida disse...

Companheiro
recupera-te que as "buracas" esperam por ti, lá te esperamos.
Abraço.

Anónimo disse...

Amigo Mário, foi com surpresa que soube da tua lesão. De facto, não temos nestes últimos tempos estado em contacto via face e durante muito tempo o teu blog não disse nada. Depois desta prova (cascais) creio que já estás em plena forma e em condições para Coninbriga. Também lá estarei onde espero dar-te um abraço. A minha filha vai tentar fazer a mini (21km) mas eu acho que é "muita fruta" para ela. Depois do comentário do companheiro António Almeida até eu já estou a tremer. Se as buracas te esperam... então para mim... que não tenho experiência deste género de provas como é que vai ser!!!.Até lá, um grande abraço.
Fernando Paiva

João António Melo disse...

Olá Márius, desconhecia que estivesses lesionado mas pelos vistos vais no bom caminho da recuperação. Quem já fez tantas provas, esta foi mais uma e o menos importante foi com certeza a classificação, prioridade sim é que melhores a tua condição física. Um abraço!

.JOSÉ LOPES disse...

Olá Mário
Parabéns
Mesmo com paragens fizeste 1h e 50 min é um tempo muito bom.
Só um "duro" consegue correr com dores e não desiste.
A boa companhia nesta corrida tb ajudou a que não "encostasses".

Cuidado é se a lesão não está totalmente curada e andas a esforçar, poderá agravar.
Mas tu já tens experiência disso embora por vezes levados pela euforia da participação nas provas nos esqueçamos disso.

continua
com os cumps
J.Lopes