8.6.09

Levantar-me do chão!...

Após dois anos de paragem devido a pubalgia eis que, de novo, as lesões voltaram a apoquentar-me desta vez no gémeo esquerdo com uma distensão muscular que me irá fazer parar por mais um mês, tendo em conta uma lesão similar, mas desta vez no gémeo direito, que tive em 2000.

Quando ontem participava na Corrida do Oriente na extensão de 10 km, uma dor aguda tolheu-me o “gémeo” ao 4ºkm impossibilitando-me de correr.

São coisas que acontecem mas custa. Sem nada que fizesse supor, embora pense qual foi a causa mas não seria honesto considerar essa hipótese como válida pois pode ter havido outro factor.

Já fiz 48x10 km durante estes quase 18 anos de corrida e já tive muitas lesões. A todas consegui “sobreviver” e esta será mais uma. Vou mais uma vez levantar-me do chão. Terei três meses para o fazer. Penso na próxima época voltar ao meu CCD de Loures para dar o melhor que puder. Os meus antigos companheiros de clube estavam lá e foi gratificante verificar que afinal não estou esquecido. Fui “Desportista de Mérito” talvez nunca mais o volte a ser mas estarei de novo com eles em Setembro se os deuses me ajudarem.

Enquanto estava parado, devido à dor, não faltou o incentivo de vários conhecidos entre eles o Fábio Dias. Talvez tenha sido essa força que veio de fora que, quando ainda faltavam seis quilómetros para o seu termo, mesmo andando e correndo passei pelo amigo João e disse-lhe: «Pode ser a minha última corrida que faça, mas vou acabá-la». E assim foi.

A prova é do melhor que há e se na 1º vez que lá corri ganhei um porta-chaves que utilizo, desta vez foi uma caneca da Vista Alegre além de outras lembranças. Está de Parabéns a organização.



Melhor tempo nos 10km – 36’09’’ em 1998

Agora há que seguir aquilo que sempre fiz para curar as outras lesões.

Tendões, distensões e joelhos - 1º e 2º dia

Manhã e noite: 20mn gelo, (cuidado não manter o gelo por mais tempo na pele senão pode "queimar")
Secar e passar gel suavemente.
Se os joelhos estiverem inchados continuar com o gelo até o inchaço desaparecer.

3º, 4º e 5º dia

Manhã: 20mn - Banho

Encher a banheira com água morna e massajar com sabão azul e branco. Passar depois Gel.

Noite: 20mn

Colocar sobre a zona um saco com água quente. Limpar e passar Gel.

ou/
Aquecer num recipiente areia da praia, colocar a mesma dentro de uma meia velha e colocar sobre a zona lesionada.

ou/
Com o secador em quente passar no local afectado.

Passar sempre Gel no final

Atenção: Cuidado com as queimaduras. Não colocar nada a ferver ou demasiado quente nas zonas afectadas, senão é pior a emenda que o soneto.

Se ao fim deste tratamento não houver melhoras consultar o médico.

Obs: Naturalmente que durante o período em que decorre a lesão, parar com os treinos. Após debelada a lesão, deve-se retomar os treinos em ritmos lentos e quilometragem reduzida (entre 15 a 30mn) de corrida por dia, sobretudo na primeira semana pós-lesão, acompanhada de exercícios de flexibilidade.

6 comentários:

Fábio Pio Dias disse...

Olá Mário!

Esta será mais uma arreliadora lesão que deixará para trás e como disse voltará a "sobreviver" e esta será apenas mais uma, e minha opinião que tomou uma óptima decisão ao voltar a correr pelo CCD Loures, rever amigos, transmitir conselhos aos mais novos criar novas(antigas)rotinas de treinos e corridas irão contribuir para melhorar saúde e auto-estima.

Um abraço e um regrersso rápido, para novas "batalhas"


36´09"- tempo extra galáctico!

António Almeida disse...

Amigo Mário
pena a lesão mas parabéns pela raça por terminares a prova.
Boa recuperação e muito bom que na próxima época voltas ao teu antigo clube, estou certo que será muito bem recebido e uma mais valia.
Como diz o Fábio o teu tempo aos 10é galáctico.
Aproveito também para mais uma vez te dar os parabéns pelo blog, muito útil e de muito interesse.
Abraço.

JOSÉ LOPES disse...

Olá Mário

Um atleta é assim que demonstra a sua "força interior", mesmo lesionado termina a prova.

Desejo a cura rápida dessa arreliadora lesão, para em Setembro iniciar a época em forma.

Isto das corridas para a nossa idade, devido à "pancada" contínua no chão é fácil arranjar lesões.

Com os cumps
J.Lopes

Carlos Lopes disse...

Olá Mário

Graças a atletas como você os mais novos como eu, seguem em frente com amor e respeito ao desporto. Um abraço

joaquim adelino disse...

Amigo Mário.
No final da corrida do Oriente já tinhas dado um toque que que os gémeos não estavam bem, mas confesso que pensei que fosse coisa ligeira.Nas Patameiras, no dia 13/6, é que com a tua presença verifiquei que afinal isso é coisa séria. Como já disseram outros amigos a recuperação não tardará aí e tempo não te falta. Até à corrida do Avante vais ter tempo suficiente para te preparares e não te esqueças que quero companhia para uma semana depois ir à Meia Maratona de S.João das Lampas.
Já agora aproveito para agradecer o apoio que deste à minha malta lá nas Patameiras, sempre presente.
Um abraço, boas férias e uma boa recuperação.
Não sei se ainda estarás por perto no dia 4 de Julho, se assim for aparece no Cabêço de Montachique, é a nossa festa.
Abraço.

Anónimo disse...

Encher a banheira com água morna e massajar com sabão azul e branco.

Porque usa sabão azul?Beneficios?????