4.1.10

Hoje Senti-me Alentejano...



  É verdade, eu, um nortenho, hoje senti-me alentejano.

  Almoço, regado com um vinho tintinho de Cuba de 2006, fresquinho (coloco sempre no frigorífico meia hora antes de beber) e aí está o “je” a pensar que está debaixo de um chaparro, mordiscando uma palha, de botas de atanado grosseiro, calças e colete de cotim, chambre de riscado e lenço ao pescoço. Resguardando as calças uns safões de lona, na cabeça, chapéu de abas largas e copa redonda. Um autêntico alentejano dormindo a sesta.



  Mesmo que o passarinho cantasse nada era comigo. Ali na planície alentejana, onde o sol castiga mais, sentia-me como um nababo, sem nada na coutada mas com o mundo na mão.

  Estar em paz comigo mesmo é estar em paz com o mundo. Podem cair raios e coriscos mas a sensação de que estou ouvindo «Vou-me embora vou partir» dá-me vontade de ficar. Entregue a Deus, entregue à Natureza.

  Se a culpa é do Cuba de 2006 não sei, sei é que há dias assim...

  ...E eu, um nortenho, hoje, senti-me alentejano, amanhã é outro dia!

Cantares Alentejanos – Clicar Aqui


P.S. - O povo alentejano, como todos os outros povos que fazem parte deste jardim à beira-mar plantado, é um povo trabalhador. Tem a fama mas não teve o proveito pois foi um povo extremamente explorado. E o Alentejo, ontem o celeiro de Portugal, está em completo abandono porque quem governa este País pensa que sai mais barato comprar lá fora o que tínhamos cá dentro.

Nada melhor que em dia de chuva, relembrar o sol do Alentejo.

P.S. - Tema do blogue "Deixa-me!..."

2 comentários:

Joaquim Ferreira disse...

Viva Mário!

Estive no Blogue de origem desta crónica e ... "DEIXA-ME" dizer-te, fiquei espantado e admirado com a tua capacidade de escrita!

Excelente! Depois, visitei o "MARIUS", interessantíssimo, sobre a HISTÓRIA DE ROMA, e sobre a História do próprio "Marius" ... que, claro, desconhecia por completo!

O teu Blogue de Música, achei EXCELENTE, na divulgação de vários "géneros" de música!

Estás de Parabéns!

Porque não divulgas mais? Os teus Blogues têm interesse!

Estás de Parabéns!

Anónimo disse...

Amigo Mário
sempre muito bom ler o que escreves.
Aproveito para te dar os parabéns pela dupla jornada Lisboa/Olivais.
Foi um prazer passar a contar contigo neste 2009 que passou, espero continuar a ver-te.
Quantos aos teus tempos como os de 92 nos Olivais o que posso dizer, só expressar mais uma vez a minha grande admiração.
Grande abraço e um bom ano.
António