23.2.20

21º Grande Prémio do Atlântico

Embora não totalmente restabelecido da gripe que me afetou, e ter deitado tardiamente, hoje (ainda as gaivotas secavam as penas nos primeiros raios de sol), lá estava na Costa da Caparica, para cumprir os 10 km desta prova.

Ao contrário de 2011, desta vez tudo correu bem. O tempo ajudou, a organização impecável, sinal que se aprende com os erros, e foi a prova possível. A partir do sétimo quilómetro quebrei um pouco. Ainda pensei começar a andar, mas há razões mais fortes que nos impele para a frente e quando assim é, a mente dá uma ajuda e os sonhos concretizam-se.

É bom saber que os piores momentos estão a passar.


1 comentário:

JoaoLima disse...

É sempre bom saber que os maus tempos estão a passar :)

Força para mais, grande abraço!