25.9.19

A regra do meio-dia

Tanto custa a recuperação a quem corre numa prova a 3'/km como àquele que corre a 6'/km. E a razão é simples, o esforço despendido por quem corre mais rápido está na razão proporcional ao treino que executa.

Quando fazia treinos a 4'/km, 4:20/km, significava que estava fisicamente preparado para correr em prova, abaixo desse tempo de treino. Quem corre a 6'/km o esforço para o fazer está também proporcional ao tempo que faz em treino, que será entre os 6:30 a 7.:00/km.

Na corrida não há milagres. Não é correr num domingo uma meia-maratona ou maratona e no domingo seguinte voltar a fazer o mesmo com a mesma frescura do domingo anterior.

Por isso há que respeitar esta regra do meio-dia/km que coloco em anexo.

Depois de uma prova era 'sagrado', ao 2º dia, descanso total. Se corresse a um domingo, à terça ia ver os passarinhos.

Raramente o esforço executado numa prova, tem reflexos no dia seguinte mas, no 2º dia, ali está aquele andar 'esquisito' onde uma perna pede licença à outra para se mexer.

Isto são apontamentos meus, retirado penso eu da Revista Spiridon do amigo Mario Machadoo, ali pelos anos 80/90

Sem comentários: